segunda-feira, 16 de julho de 2012

Coisas de avô

Todos os dias em que eu esteja na casa do meu avô, entre as 19h 50 e as 20 h ele faz-me sempre o mesmo pedido:

Avô -D. anda cá ver, anda.
D. - O que foi avô?
Avô - Olha vê quanto é o preço?
...
Avô - Então, quanto é?
D- O avô ainda não apareceu!
...
Avô- Anda lá vê.
D,- É xx.
Avô- Já foste. Ele bem lhe tinha dito se ele queria pensar melhor.

E durante 10 minutos não fala de mais nada. E ao jantar conta a historia ao meu pai. Claro que eu estou a falar do preço certo em euros. Quem tem Fernando Mendes addicted em casa, sabe bem do que eu falo.


9 comentários:

Pickles e Penas disse...

Percebooo perfeitamente! xD

Roxanne disse...

e o raio do programa que é tão irritante!

BB disse...

ahah muito bom :)

Xs disse...

Epah! Esse programa é aboslutamente intragável!
E eu, que há 8 anos atrás, fui lá??!!
Oh God!

D. disse...

Eu nunca fiz disso, acho que sempre consegui separar bem as coisas. Ter namorado não impede de ter amigos, até porque para mim antes de namorado tem que ser meu amigo logo nunca se perde nada quando se começa uma relação nova. Mas cada um sabe de si e ela se continuar assim terá que viver com as consequências do seu comportamento.
Já agora, nunca percebi a piada do Preço Certo. No inicio até era giro, mas depois de tantos anos não consigo compreender como é que o programa consegue tanta audiência considerando que nunca muda o estilo.

Girlfashioneye disse...

Lembro-me que quando era mais nova, um dos meus avós via, então não podia ver os morangos ficava chateada :p e quanto ao givwaway. nem eu, fiquei mesmo contente!

Sara sem Sobrenome disse...

O programa é chato, mas é impossível vê-lo e não começar a mandar bitaites sobre os preços. E as moças que por lá andam são bem jeitosas.:)

S* disse...

ahahah coitado, é velhote...

Woody disse...

Os velhotes adoram